Historia
Paroquias
Comiss
Actividades
Actividade Sr. Bispo
Radio Ecclesia
Documentos
Varios

Historia da IMBISA

IMBISA faz parte do SCEAM

O Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar (SCEAM) nasceu da vontade de um grupo de bispos africanos participantes ao Concílio Vaticano II (1962-1965). Era seu desejo criar um fórum no qual pudessem falar a uma só voz, sobre os assuntos pertinentes à Igreja em África. A fundação do SCEAM é, portanto, fruto da decisão dos bispos em formar uma estrutura, a nível continental, de modo a poder fortalecer a visão africana de toda a Igreja.

Vendo a importância fundamental de tal associação para África, em 1968, a Congregação para a Evangelização dos Povos, convidou os presidentes das conferências episcopais para um encontro.

Em consequência, a primeira visita de um Papa à África, nos tempos actuais, foi vista como oportunidade propícia para o começo do Simpósio das Conferências Episcopais de África e Madagáscar. Tal acontecimento teve lugar em Kampala,  no Uganda, em Julho de 1969, durante a visita de Sua Santidade Papa Paulo VI.

Depois, ficou decidido que a Sede / Secretariado do SCEAM seria em Acra, no Gana. O SCEAM, trabalha com três línguas oficiais: Inglês, Francês e Português.


Composição do SCEAM


O SCEAM, como Simpósio, é um órgão de articulação, de estudo e de consulta para uma maior e frutuosa colaboração entre as Conferências Episcopais de África e Madagáscar, através das Conferências Episcopais Regionais. Aqui estão compreendidas todas as Conferências Episcopais Nacionais, juridicamente estabelecidas, de África e Madagáscar, agrupadas em Conferências Episcopais Regionais.

O órgão de maior decisão dentro do SCEAM é a Assembleia Plenária que reúne todos os membros, uma vez a cada três anos, através de seus delegados. Durante o período que separa as Assembleias Plenárias, o Conselho Permanente do SCEAM trata vários assuntos do SCEAM através de seus encontros semestrais. Este é composto por um presidente e dois vice-presidentes, eleitos pela Assembleia Plenária. Os outros membros, incluindo o Tesoureiro, são nomeados pelo Conselho Permanente. Há ainda oito membros, representantes de cada uma das Conferência Episcopais Regionais. Além destes, podem ainda participar outros membros ex-officio, convidados pelo Conselho Permanente, pelo papel que exercem.

Conferências episcopais Regionais do SCEAM


    Associação das Conferências Episcopais da África Central (ACEAC),

    Associação das Conferências Episcopais da Região da África Central (ACERAC),

    Conferência Episcopal Regional da África Ocidental (RECOWA/CERAO);

    Assembleia da Hierarquia Católica do Egipto – (AHCE);

    Conferência Episcopal Regional do Norte d’África (CERNA);

    Associação dos Membros das Conferências Episcopais da África do Leste (AMECEA);

    Assembleia Inter-regional dos Bispos da África Meridional (IMBISA)

    Conferência Episcopal do Oceano Índico (CEDOI)


O SCEAM tem duas comissões principais


Para alcançar sua visão já mencionada de evangelização em toda a África, o SCEAM procura cumprir essa missão com o apoio de duas comissões: Comissão para a Evangelização no continente e Comissão Justiça, Paz e Desenvolvimento (CJPD).


Comissão para a Evangelização: Coordena e anima a propagação da fé cristã em toda a África e promove redes de trabalho e colaboração entre os agentes de Evangelização no continente. Ela é responsável pelas questões de natureza doutrinal, moral e pastoral, que são estudadas e operadas segundo a luz da Revelação Divina e da Tradição de Igreja Católica, segundo uma perspectiva africana.


Comissão Justiça, Paz e Desenvolvimento: Responsável pelas questões pertinentes à Justiça Social e ao Desenvolvimento humano integral. É também responsável pelas questões de âmbito soció-económico, político e cultural, que por sua vez são estudadas e abordadas à luz da Doutrina Social da Igreja.

JUBILEU DE OURO DO SCEAM


Aquando da 17ª Assembleia Plenária do SCEAM, realizada em Luanda (Angola) em Julho de 2016, os bispos de África decidiram celebrar o Jubileu (Bodas de Ouro do SCEAM) (1969-2019) querendo reflectir sobre os 50 anos passados e olhar para frente, numa prespectiva de futuro.


A celebração terá como tema: “Igreja-Família de Deus em África, celebra o teu jubileu! Proclama Jesus Cristo, teu Salvador.”  Cada católico, que de facto acredita em Jesus Cristo, cada comunidade cristã e toda a Igreja em África, em Madagáscar e em todas as Ilhas, são convidados a dar graças pela Bondade Divina e pelo dom da Igreja em África.


A celebração prolongar-se-á durante um ano inteiro, desde 29 de Julho de 2018 a 29 de Julho de 2019.


 

Objectivos para a Celebração os 50 anos do SCEAM


Celebrar os 50 anos do SCEAM, é crucial porque servirá como uma oportunidade especial para agradecer a Deus pelas Suas maravilhosas e extraordinárias obras, pelo dom do Baptismo e pela Igreja em África.


As celebrações serão também uma ocasião para ponderar sobre o progresso feito pela Igreja em África, até aqui, e, ao mesmo tempo, é também uma oportunidade para aprofundar as raízes em Jesus Cristo e proclamar a missão do Evangelho, em palavras e acções.


Para alcançar isso, cada cristão e cada comunidade é convidada a entrar plenamente nas celebrações do Jubileu, com acção de graças, reflectindo sobre o progresso feito, arrependendo-se das omissões praticadas, e estando abertos à conversão, com renovado compromisso de testemunhar Jesus Cristo, em África, em Madagáscar e em todas as Ilhas adjacentes.